Pet com deficiência

Foto: Lionel Falcon

#AdoteUmPetComDeficiencia | Blog Pets e Patas

 

A campanha #AdoteUmPetComDeficiencia acaba de ganhar mais um aliado para que os eventos de adoção aconteçam com regularidade: a Andare S.A., especializada em franquear, vender e licenciar grandes marcas. E a nova edição já acontece no primeiro domingo de setembro.

Para os idealizadores da ação, essa é uma importante parceria já que a campanha tem atingido o objetivo de conscientizar e promover a adoção qualitativa e tem atraído cada vez mais pessoas interessadas. Gustavo Andare, fundador da Andare S.A., também acredita nisso. “Sempre vamos apoiar causas pelo bem, pelo amor. Ainda mais uma causa de inclusão dos bichinhos em lares e famílias. Nós somos fãs do projeto”.

 

Sobre a campanha

O objetivo da #AdoteUmPetComDeficiencia, idealizada por Livia Clozel, junto com os defensores de animais Luiz Scalea e Giuliana Stafanini, do Luiz Proteção Animal, é uma só: quebrar preconceitos, conscientizar e promover a adoção consciente, gerando conhecimento sobre o assunto e criando um elo entre as pessoas que desejam ter um companheiro de quatro patas. A campanha prova que um pet #especialmentediferente tem uma vida normal: muitos deles não precisam sequer de acompanhamento médico por conta da deficiência e todos são grandes companhias.

São considerados pets com deficiência todos aqueles que apresentam problemas motores, mentais ou renais; os cegos, amputados e/ou paraplégicos; e os que tomam medicações constantes ou necessitam de tratamento periódico. Já os pets especiais são os de cor preta, dos 6 meses até a velhice.

 

#AdoteUmPetComDeficiencia

Data e horário: 4/09 – das 9h às 17h
Endereço: Rua Fradique Coutinho, 380, Pinheiros. São Paulo/SP

 

Assina cris

 

Update 06/10 – Tem nova edição da campanha Adote um Pet com Deficiência no dia 25/10, no espaço da Reserva Animal – rua Dom Henrique Mourão, 184, Peri, das 10h às 17h. Dessa vez, estarão disponíveis para adoção 5 gatos e 15 cãezinhos!

 

Imagens: Divulgação

 

Adote um Pet com Deficiência tem duas edições em SP | Pets e Patas

 

Se a adoção já é um gesto imenso de amor, imagine levar para casa um pet deficiente? Pois é exatamente para incentivar o ato e promover a conscientização de que eles conseguem superar suas limitações e trazer muito amor para seus donos, que ocorre, nos dias 30 de agosto e 20 de setembro, o evento Adote um Pet com Deficiência.

Sob a hashhtag #especialmentediferente, a iniciativa é realizada pela Uhelp – associação civil, sem fins lucrativos, que une organizações para promover inclusão social para pessoas com deficiência física –, com as ONGs Ampara Animal e a Luiz Proteção Animal. Livia Clozel, que trabalha na área de comunicação e estratégia da empresa e adotou a Amora (foto acima) há cerca de 3 anos, acredita que o preconceito é uma deficiência. “Ela é amputada e sofreu maus tratos, demorou a se sentir segura, mas hoje é uma companheira incrível. Um pet assim tem uma vida normal, muitos deles não precisam sequer de acompanhamento médico e todos são grandes companhias!”, destaca.

 

Confira outras histórias reunidas pela Uhelp de quem adotou e é melhor amigo de um pet com deficiência:

 

Adote um Pet com Deficiência tem duas edições em SP | Pets e Patas

Giuliana Stefanini, gerente da Luiz Proteção, adotou o Frederico há pouco mais de um ano e conta que cuida dele de forma natural. O cãozinho, da raça dachshund, tem deficiência física e precisa usar um andador nas patas traseiras, mas nem por isso deixa de fazer estripulias e encher a dona de orgulho. “É muito importante divulgar a causa, porque é muito difícil alguém adotar um pet assim. Infelizmente, eles ficam esquecidos, pois as pessoas têm preconceito”.

 

Adote um Pet com Deficiência tem duas edições em SP | Pets e Patas

Sabrina Custódia é paratleta e faz parte, com Adriele Silva e Vinícius Rodrigues, do time Ultrability apoiado pela associação. Ela acolheu, há 3 meses, o Junior, um buldogue inglês que foi rejeitado para venda por ter lábio leporino. Sabrina explica que, apesar de ser apenas um problema estético e não de saúde, ele não pôde tirar pedigree, o que tornaria sua venda muito difícil. Para Sabrina, o fato dele ser um cão considerado fora do padrão não interferiu em nada na escolha. “Foi amor à primeira vista”.

 

Serviço:

Adote um Pet com Deficiência – 1edição

Data: 30 de agosto

Local: Praça Velorama | Rua Groenlândia, 848 | Jardim América

Horário: 9h às 18h

 

Adote um Pet com Deficiência – 2edição

Data: 20 de setembro

Local: Dog Zone Villalobos/Portinari | Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001 | Alto de Pinheiros

Horário: 9h às 18h

 

Adote um Pet com Deficiência – 3edição

Data: 25 de setembro

Local: Reserva Animal | Rua Dom Henrique Mourão, 184 | Peri

Horário: 10h às 17h

 

Assina cris

SOBRE

Blog criado pela jornalista Cris Marques, de Guarulhos/SP, apaixonada por animais, mãe do cãozinho Bilbo e das hamsters Bubbles e Marceline (que viraram estrelinha em 2016), e uma fã incondicional de informação e novidades. Quer descobrir mais sobre o mundo pet?

Então seja bem-vindo!


Saiba +

Apoio

Confira os bastidores do “III Dia do AdoCão”, realizado em São Paulo pela Pedigree:


P&P no Facebook