Cão

Imagens: Divulgação

Banho de ofurô no Inverno | Blog Pets e Patas

 

Você já ouviu falar em banho de ofurô para pets? Pois bem, existe e a Pet Society tem!

Essa é uma técnica terapêutica que simula o período de gestação, o melhor período que um ser pode vivenciar. As sessões são capazes de trazer saúde e mais qualidade de vida para o animal, além de sua função calmante.

Banho de ofurô no Inverno | Blog Pets e PatasPor se tratar de um banho de imersão, com temperatura entre 36º a 40ºC, é ideal para os períodos mais frios do ano. Seus principais benefícios são o relaxamento, combate ao estresse, melhora na circulação sanguínea, aumento do metabolismo, prevenção do envelhecimento precoce e ajuda na eliminação de toxinas.

Ele funciona, principalmente, para relaxar os bichinhos e pode ser feito como complemento à fisioterapia e tratamentos alternativos, entre eles a acupuntura, por exemplo.

Vale apenas lembrar que as sessões não são indicadas para cães e gatos hipotensos, idosos que apresentam constantes oscilações de pressão sanguínea e filhotes, pois os banhos em ofurô abaixam a pressão. #ficadica

 

assina redação

Fotos: Banco de imagens

 

Pets precisam de cuidados especiais durante o Inverno | Blog Pets e Patas

 

A estação mais fria do ano está chegando e é hora de redobrar a atenção com os pets; afinal, neste período, as doenças respiratórias se apresentam com mais frequência e algumas delas podem evoluir para problemas mais sérios. É o que explica a médica-veterinária do Hospital Veterinário Santa Inês, Mariana Buck.

“Uma patologia bastante comum é a traqueobronquite infecciosa canina, conhecida como a gripe canina ou ‘tosse dos canis’, adquirida no contato direto com outros animais infectados. A prevenção da gripe canina é feita por meio de uma vacina específica. É muito importante conversar com o seu veterinário e realizá-la anualmente. No caso dos felinos, os espirros podem ser associados ao vírus causador da rinotraqueíte, doença específica dos gatos, que, assim como a gripe canina, não é transmissível aos humanos, mas pode trazer desconforto ao animal.

Pets precisam de cuidados especiais durante o Inverno | Blog Pets e PatasOutra enfermidade bastante frequente nessa época é a temida cinomose. Ela é ocasionada por um vírus muito resistente em ambientes secos e frios, e apresenta sintomas variados, como vômito, diarreia, pneumonia e convulsão, podendo levar o animal ao óbito. Essa doença pode ser evitada com a imunização, com a aplicação anual da vacina V10.

Além da importância da imunização, Mariana destaca mais uma característica bastante marcante dessa estação, o aumento do gasto calórico: “O organismo dos pets necessita, em média, de 20 a 30% mais de calorias para funcionar no inverno. Então, indicamos aumentar a quantidade de alimento para suprir essa diferença. Porém, temos de ter cuidado para não exagerar e acarretar em obesidade.

 

Banho é muito bom

A higiene é fundamental em qualquer época do ano. O importante é que o pet seja bem assistido. Nos dias mais frios, é recomendado o banho com controle de temperatura da água e do ambiente. Os pet shops, por exemplo, são climatizados. É importante lembrar também que a pelagem funciona como um isolante térmico para os bichinhos; assim, as tosas completas deverão ser realizadas nas épocas mais quentes do ano. No inverno, a melhor opção é a tosa higiênica, que evita o acúmulo de sujeira em animais de pelos longos e na região das genitálias.

 

Pets precisam de cuidados especiais durante o Inverno | Blog Pets e Patas

 

Novinhos e velhinhos: atenção especial

Os pets muito jovens ou idosos são naturalmente mais sensíveis às mudanças de temperatura, por isso, a atenção nesses casos deve ser redobrada. Os filhotes são mais suscetíveis à hipoglicemia, quando o calor e suporte energético não forem adequados, e à pneumonia, quando expostos à temperaturas muito baixas. Os pets idosos, por sua vez, além das patologias de trato respiratório, podem ter sintomas ortopédicos e articulares agravados, como dificuldade para levantar e/ou se mover.

 

Veja também:

Os pets também envelhecem
A escolha do pet shop
Banho a seco

Acerte no tamanho da roupinha de frio do pet

 

Bicho quentinho
Proteja os animais das temperaturas extremas, utilizando objetos que tenham a função de isolamento térmico, como cobertores, travesseiros, caminhas e casinhas. As roupas também auxiliam a protegê-los do frio, mas atenção especial aos animais de pelo longo, com maior propensão a formar nós na pelagem. Dê preferência às roupas forradas e escove o pet diariamente. “A roupa deverá estar sempre seca. Quando molhada e em contato com a pele, pode ocasionar problemas, como dermatites, hipotermias e pneumonias”, observa a veterinária.

 

Campanha do Agasalho Animal
Sabe aquela roupinha que não serve ou que o pet não usa mais? O Pet Shop Bem Estar Animal Santa Inês está aceitando doações. Todas as peças serão encaminhadas para uma ONG que cuida de dezenas de cães e gatos que já sofreram na pele a dor do abandono. Ah, e com a iniciativa você ainda ganha 20% de desconto na loja para comprar uma roupa nova para seu pet (oferta válida apenas no mês de junho/2016 e para a primeira compra).

 

Assina cris

Foto: Banco de imagens

 

Assistir TV, ter festinha de aniversário e outros comportamentos foram abordados em pesquisa com 5.000 pessoas, feita pelo serviço de hospedagem DogHero

 

3 em cada 4 cães dormem com seus “pais” | Blog Pets e Patas

 

Se, antigamente, o lugar de cães era no quintal, hoje a liberdade dentro de casa é quase total, e é cada vez mais comum os tutores dividirem tudo com seus bichinhos, até mesmo a cama. Pesquisa com 5.000 pessoas, com tutores entre 19 e 45 anos, mostra que 71% dormem com seus cães, sendo 43% frequentemente e 28% de vez em quando. O levantamento inédito aborda ainda outros comportamentos que indicam que o cachorro é, sem dúvida, parte da família.

Entre os entrevistados, 51% admitem que seus cães costumam assistir à televisão. Na sexta-feira à noite, 93% dos tutores preferem a companhia do peludo a sair para baladas. E, a cada aniversário do cachorro, 47% afirmaram ter vontade de fazer uma festa para comemorar. Dos 29% que já fizeram uma festinha de parabéns para o seu cão, 38% afirmam fazer todo ano.

“Cada vez mais os cães são membros da família, alguns mais dóceis e outros desconfiados, mas cada um com a sua personalidade e modo de agir com os tutores, visitas e desconhecidos”, afirma Eduardo Baer, sócio-diretor da empresa. Para ele, essa nova relação determina as escolhas que fazem para os seus cães. “Na hora de viajar, ele quer levar o cão junto ou deixá-lo em um ambiente familiar e afetuoso. A preocupação com cão é a que se tem com um filho”, destaca.

A pesquisa, destaca Baer, mostra na prática a mudança do perfil das famílias no Brasil. Um estudo do IBGE publicado em 2015 revela que, no Brasil, o número de famílias que criam pelo menos um cachorro é maior do que o de famílias que têm crianças. São 52,2 milhões de cães contra 44,9 milhões de crianças no país. “Além de divertir as famílias que têm filhos, o cães fazem companhia e nunca foram tão mimados e bem cuidados”.

 

Já conhece a DogHero?

Empresa que oferece residência domiciliar e personalizada aos cachorros, a DogHero é uma plataforma digital que permite que o tutor do animal selecione o melhor anfitrião para receber e cuidar de seu animal em sua ausência. Com atendimento diferenciado e afetuoso, a empresa cuida de todos os detalhes da estadia do pet, oferecendo assistência em caso de eventuais acidentes, além de todo o suporte de contato à distância entre os responsáveis e seus bichos. Qualquer amante de animais pode se candidatar para ser um anfitrião DogHero, basta entrar no site e se cadastrar – mas só são aprovadas as pessoas que possuem perfil e oferecem uma estadia confortável e satisfatória ao cachorro.

 

assina redação

SOBRE

Blog criado pela jornalista Cris Marques, de Guarulhos/SP, apaixonada por animais, mãe do cãozinho Bilbo e das hamsters Bubbles e Marceline (que viraram estrelinha em 2016), e uma fã incondicional de informação e novidades. Quer descobrir mais sobre o mundo pet?

Então seja bem-vindo!


Saiba +

Apoio

Confira os bastidores do “III Dia do AdoCão”, realizado em São Paulo pela Pedigree:


P&P no Facebook