Fotos: Arquivo pessoal e banco de imagem

AN: alimentação natural é bem-estar para o cãozinho | Blog Pets e Patas

Depois de muito pensar e finalmente decidir ter um cão como companhia, seja por meio de uma adoção ou compra, é hora de começar a preparar a casa e adquirir as coisas básicas para o bem-estar do pet. Entre eles, uma cama ou casinha, tigelas e alimento, que, provavelmente, será uma ração dessas já processadas. E, assim como na primeira vez, esse dono voltará periodicamente às lojas do ramo para repor a comida, sempre de olho nas novidades e no que parece ser a melhor opção. Mas, você já parou para pensar quais ingredientes estão presentes em produtos como esses ou que eles contêm corantes e conservantes? E, se os nutricionistas reforçam a importância dos humanos se alimentarem bem, evitando, ao máximo, os industrializados, por que não estender isso também para a dieta do bichinho?

AN: alimentação natural é bem-estar para o cãozinho | Blog Pets e PatasPara Renata Ferraz, chef de cozinha, a alimentação natural, também conhecida como AN, entra nessa categoria e tem muitos benefícios. “Ela é barata, pois são ofertados legumes, carnes e carboidratos fáceis de encontrar e preparar. Além disso, o tutor fica ciente de tudo o que vai na tigelinha, pois ele mesmo prepara; as refeições são funcionais; afinal, os ingredientes devem combinar entre si, a fim de garantir maior absorção dos nutrientes e tudo é pesado. Assim, cães e gatos não engordam e os gordinhos entram no peso ideal”, ensina.

Petchef da Cãolinária, ela conta que a empresa surgiu por conta da Nina, uma vira-lata com problemas alérgicos sérios e que, depois de submetida à AN, teve uma melhora significativa em apenas dois meses. “Os amigos que acompanharam o quadro dela começaram a pedir dicas, ajuda e indicações de profissionais; assim, a necessidade de expandir esses benefícios foi imediata. Então eu, Fernanda e Kalu nos unimos e abrimos nossa empresa. […] Nós não formulamos a dieta, apenas ajudamos a balancear a tigelinha, mostrando a variedade de alimentos que podem ser escolhidos”. Especializada em alimentação natural caseira para animais, a Cãolinária oferta serviços diferenciados, como criação de cardápio, consultoria gastronômica, petchef em casa e a venda de petiscos e bolos de aniversário sob encomenda

 

Natural na prática

AN: alimentação natural é bem-estar para o cãozinho | Blog Pets e PatasAo pensar na alimentação natural como opção para o pet, os tutores precisam ter em mente algo muito importante: ela não é o resto de comida do prato do dono e sim uma dieta preparada sob medida e que deve ser prescrita por um veterinário especialista em nutrição, com base no porte, peso, estilo de vida e, principalmente, saúde do animal. Renata Ferraz afirma que seu custo pode chegar a 1/3 do que seria gasto em ração e que é possível preparar várias refeições de uma vez só e congelar, por até 60 dias. “Ela precisa ser oferecida diariamente, no mínimo, duas vezes. Na Cãolinária, Norah e Canela comem duas vezes por dia, já Lola e Nina (foto acima), três vezes. Dessa maneira, o metabolismo delas está sempre ativo. […] Ao optar pela AN, seu bichinho não irá aceitar mais processados: é um caminho sem volta, cheio de saúde, cores e sabores”.

 

Só benefícios

AN: alimentação natural é bem-estar para o cãozinho | Blog Pets e PatasAna Carolina Sanches, estilista e dona dos vira-latas Café e Django (foto abaixo), famosos nas redes sociais com perfis no Instagram  e Facebook, conta que optou pela alimentação natural por causa de seus benefícios. “Já pensávamos em fazer a mudança pela questão da saúde deles, mas a urgência veio quando o Django passou a recusar ração, de um dia pro outro”. Com a decisão e o aval da veterinária, o processo começou no final do ano passado e já trouxe mudanças notáveis, como a diminuição no volume e cheiro das fezes dos cães e um hálito mais agradável. “Para eles, foi legal desde o princípio; pra gente, foi um pouco difícil em relação à organização do tempo e espaço, mas é tudo questão de adaptação. Na segunda semana, já ficou simples e mais fácil”.

Para quem gostou da ideia, além de uma coluna no domínio da própria Cãolinária, a “Pausa para o Café”, contando semanalmente sobre a mudança depois da introdução da AN, Ana ainda deixa uma dica para os donos. “Faça com carinho e dedicação, focando no bem-estar do seu animal; assim, não tem como dar errado, não tem como não ser ótimo”.

 

Mão na massa

Quer variar a dieta do pet? As cãolinaristas da empresa, como elas se autointitulam, ensinam variadas receitas de comidas saborosas e balanceadas, indicadas para cães com uma AN sem restrição, e petiscos, que podem ser oferecidos para qualquer cachorrinho diagnosticado como saudável. Por lá tem de tudo: de papinhas, bolos, sorvetes e panquecas a barrinhas de cereal, panetone e ovo de Páscoa. Vale a visita: caolinaria.com.br/category/blog/receitas.

 

***Matéria originalmente publicada na Revista Guarulhos 109

 

Assina cris

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE

Blog criado pela jornalista Cris Marques, de Guarulhos/SP, apaixonada por animais, mãe do cãozinho Bilbo e das hamsters Bubbles e Marceline (que viraram estrelinha em 2016), e uma fã incondicional de informação e novidades. Quer descobrir mais sobre o mundo pet?

Então seja bem-vindo!


Saiba +

Apoio

Confira os bastidores do “III Dia do AdoCão”, realizado em São Paulo pela Pedigree:


P&P no Facebook